Guarulhos Empresas

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Nossa Cidade Notícias Aeroporto de Cumbica irá desapropriar moradores

Aeroporto de Cumbica irá desapropriar moradores

Aeroporto de CumbicaMoradores próximo ao aeroporto de Cumbica terão de sair até dezembro do ano que vem devido obras.

Confira!

A remoção de 594 famílias do Jardim Novo Portugal, em Guarulhos, devido às obras no aeroporto de Cumbica é discutida há pelo menos 20 anos.

A vista do Jardim Novo Portugal, bairro da periferia de Guarulhos, na Grande São Paulo, é atualmente um grande canteiro de obras: o aeroporto de Cumbica.

A menos de 300 metros de distância das casas, as obras do aeroporto de Cumbica estão separadas em terraplenagem e um terceiro terminal de passageiros.

Depois de 20 anos de discussão, as 594 famílias terão até dezembro de 2012 para sair da região do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

Desde que as obras iniciaram no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, as famílias vivem entre expectativas e medo da retirada.

Os perigos para o aeroporto de Cumbica abrange a falta de saneamento do local devido a presença de urubus, que são um risco enorme para a aviação.

Governo federal e prefeitura de Guarulhos propõem o reassentamento para as famílias que optarem por receber outro imóvel em vez de indenização.

Em outras ruas da região do aeroporto de Cumbica, famílias tentam vender suas casas numa tentativa de deixarem para trás um bairro fadado à extinção.

cumbica001
cumbica002
cumbica003
cumbica004
cumbica005
cumbica006
cumbica007
cumbica008
1/8 
start stop bwd fwd

Aeroporto de Cumbica

As obras do Aeroporto de Cumbica prosseguem em ritmo acelerado

O Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP), passa por reforma e modernização de sua infraestrutura. As obras, que incluem a terraplanagem do terceiro Terminal de Passageiros, revitalização e ampliação do Sistema de Pistas e a construção do Terminal Remoto (Fase 1), continuam em ritmo acelerado.

Apesar da grande movimentação no aeroporto, ao todo 1.053 trabalhadores e quase 400 equipamento de grande porte envolvidos, direto ou indiretamente, no andamento das melhorias do terminal, não houve nenhum impacto que seja relevante às operações de pouso e decolagem.

A maior parte da mão de obra é formada por trabalhadores locais, cerca de 60%. Segundo o superintendente de Empreendimentos de Guarulhos, Otávio Henrique Almeida, a dimensão das tarefas desempenhadas determina amplo planejamento estratégico para não prejudicar o funcionamento do maior aeroporto do país.

“Nosso grande desafio é conduzir essas obras com o aeroporto em funcionamento, sem prejudicar as operações, o que estamos conseguindo com sucesso”, destacou.

Obras no aeroporto de Cumbica

Obras

As obras de terraplanagem do terceiro Terminal começaram em agosto deste ano, com o orçamento de R$ 417 milhões. Esta é a principal obra em andamento em Guarulhos com prazo de término previsto de 18 meses.

O sistema de Pistas, com investimento previsto de R$ 54,05 milhões, vai passar por obras de revitalização de um trecho de maior extensão (de 3,7 mil metros), construção de uma interligação dessa via com uma saída rápida (denominada PR-FF) e o prolongamento da pista de taxiamento B (PR-B).

Para a realização da remoção da camada superior do pavimento, substituição e implantação de balizamento, recomposição da cobertura asfáltica e execução das ranhuras de segurança (grooving), a pista está parcialmente interditada.

Os trabalhos de terraplenagem e no Sistema de Pistas estão sendo realizados pelo Departamento de Engenharia e Construção (DEC) do Exército Brasileiro, sob coordenação da Infraero.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), para atender a grande demanda de passageiros da alta temporada, realiza a implantação de um Terminal Remoto, que será definitivo com uma área de 12.287 mil m² e capacidade de atender 5,5 milhões de passageiros ao ano.

O início das obras foi no mês de Julho e tem previsão de conclusão para dezembro deste ano. O novo Terminal Remoto contará, ainda, com um estacionamento com aproximadamente 600 vagas.

De acordo com o superintendente de Guarulhos, Antonio Montano, o novo setor de embarque e desembarque atenderá ao crescimento da demanda de usuários, que chegou a 16% nos primeiros meses de 2011. “Essa ação irá ampliar o grau de conforto dos nossos passageiros, que vão encontrar neste Terminal o elenco de serviços necessários durante a permanência“, destacou.

Lembrando que desde o último dia 31 de agosto o Aeroporto de Guarulhos conta com um Módulo Operacional com capacidade para um milhão de passageiros por ano, funcionando como sala de embarque e desembarque.

 

Busca

OUÇA AQUI SEU Mp3 Player

Banners Noticias

Please update your Flash Player to view content.

Visitantes

Visualizações de Conteúdo : 2758744

MP3 Player - Músicas Nacionais


PopUp MP3 Player (New Window)

Clima Tempo


Newsflash

Visite um de nossos associados: Castelo Mágico e anucie voce tambem no melhor portal de Guarulhos